Página Inicial
A empresa
Cadastro
Destinos
Dicas
Eventos
Fale conosco
Fuso Horário
Hotéis
Links
Nossa Loja
Notícias
Promoções
Resort
Serviços
   
   Índice de Notícias
   
24/03/2006 16:24:09
PARATY - UM LUGAR PERFEITO PARA CONHECER

  
PARATY - A fórmula perfeita, localizada no Estado do Rio, e a 300 quilômetros de São Paulo. Natureza, o município ganhou o cenário da Serra da Bocaina, coberta por mata atlântica e salpicada de cachoeiras, mais as águas calmas da Baía de Ilha Grande. Nela, se esparramam 65 ilhas pertencentes à cidade, com praias desertas e mar azul-turquesa. No entanto, não param por aí sua belezas.
Paraty sempre esteve estrategicamente localizada: fica quase a meio caminho entre Rio e São Paulo. De ambas, é fácil chegar até lá de carro ou de ônibus. Dos cerca de 350 mil turistas que visitam a cidade todos os anos, a maioria é dividida entre paulistas e cariocas.
No passado, Paraty foi uma importante cidade portuária. De lá era escoado o ouro de Minas Gerais e, mais tarde, o café do Vale do Paraíba. Dessa época, o município ganhou o seu maior atrativo e o que o diferencia de outros destinos litorâneos na Rodovia Rio-Santos: o centro histórico. Com casas e igrejas coloniais, foi tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), em 1958, e, desde 1966, é Monumento Nacional.
O centro histórico de Paraty, conta com belas construções dos séculos 18 e 19, e encontrar-se preservado quase da mesma maneira como era naquela época.
Não há casas modernas entre um prédio colonial e outro, nem carros circulando pelas ruas estreitas - exceto em alguns dias e horários específicos durante a semana -, é fácil esquecer-se da correria do século 21 e mergulhar num ritmo próprio de outros tempos, calmo como o mar que banha a cidade.
As distâncias são pequenas na parte histórica e é possível percorrê-la inteirinha a pé num dia. Dá para fazê-lo em algumas horas. De toda forma, o calçamento irregular dos séculos 18 e 19, chamado de pé-de-moleque, obriga todos a andarem devagar para não torcer o tornozelo.
A história das igrejas de Paraty é rica. Havia uma só para negros: a do Rosário. Ainda hoje, celebra-se nela, em novembro, a Festa de Coroação dos Reis Negros. A matriz era a dos brancos. Ali, ocorre a Festa do Divino, em junho. Havia também a capelinha das mulheres, a Nossa Senhora das Dores. E a igreja cartão-postal da cidade, a Santa Rita, de frente para o cais, era o templo dos mulatos. Seu nome completo, aliás, é Santa Rita dos Pardos Libertos.
Segundo uma lenda sobre o nome de Paraty, a cidade é intocada pelo diabo porque foi um presente a Satanás. Deus teria dado um pedaço de terra para cada santo. Satanás ficou sem nenhum e perguntou: "E para mim?". Nisso, Deus apontou e disse: "Esta é para ti." Verdade ou não, Paraty segue sendo um lugar abençoado



« Voltar
Anterior Próxima

 

 

   
GELT