Página Inicial
A empresa
Cadastro
Destinos
Dicas
Eventos
Fale conosco
Fuso Horário
Hotéis
Links
Nossa Loja
Notícias
Promoções
Resort
Serviços
   
   Índice de Notícias
   
17/03/2008 15:07:09
Condoleezza Rice fará propaganda do turismo baiano nos EUA.


Condoleezza Rice em visita pela Bahia
  Segundo a Assessoria de Comunicação do Ministério do Turismo, a secretária de Estado norte-americana, Condoleezza Rice, manifestou “encantamento” com a cultura brasileira ao passear hoje por monumentos históricos de Salvador, em companhia dos ministros do Turismo, Marta Suplicy, e da Cultura, Gilberto Gil, e do governador da Bahia, Jaques Wagner. Ao tomar conhecimento das propostas para aumentar o intercâmbio entre afro-descendentes brasileiros e norte-americanos, Rice disse que está vendo com muito interesse o projeto de incentivo ao turismo étnico-afro, desenvolvido em parceria entre o MTur e o governo baiano, e prometeu fazer propaganda do Brasil e da Bahia nos Estados Unidos.

O projeto, que já recebeu investimentos de R$ 1,12 milhão do MTur, é inspirado pelo interesse dos afrodescendentes norte-americanos em conhecer lugares no mundo com fortes raízes africanas. A ministra Marta Suplicy destacou a importância dessa visita e falou dos investimentos do Ministério na promoção do Brasil nos Estados Unidos.

“Estamos investindo nesse mercado potencialmente importante para o Brasil. Em 2007, investimos US$ 10 milhões e, neste ano, teremos US$ 16 milhões para divulgar o Brasil nos Estados Unidos. Especificamente para o projeto de turismo étnico, o Ministério direcionou R$ 1,12 milhão. Os afrodescendentes são um público expressivo, representam 12% do PIB norte-americano”, afirmou a ministra.

A comitiva visitou, pela manhã, a Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos e o Museu Afro da Bahia, no Pelourinho. No Museu da Coelba (Companhia de Eletricidade da Bahia), na Praça da Sé, houve apresentação de projetos sociais mantidos pela companhia e discursos do governador e da Secretária de Estado.

Jaques Wagner destacou a parceria com o MTur e disse que o estado está inovando o conceito de turismo étnico em função da crescente demanda de visitantes relacionados a herança africana. “Nosso objetivo é desenvolver o segmento como uma atividade econômica sustentável com papel relevante na geração de emprego e ingresso de divisas. As ações de incentivo ao turismo étnico, inclusive, estão respaldadas pelo Governo Federal, que por meio da ministra do Turismo, Marta Suplicy, assegura recursos desde agosto de 2007 para o programa de ação do turismo étnico-afro da Bahia”.

O governador solicitou à Secretaria norte-americana apoio no sentido de estimular as empresas de aviação daquele país a estender opções de vôos dos Estados Unidos direto para Salvador. Jaques Wagner anunciou também a parceria com a Agência Internacional de Desenvolvimento dos EUA (USAID) na implementação de projeto de inclusão social, que prevê oferta de cursos de inglês para 60 mil alunos afrodescendentes de baixa renda. Um outro projeto diz respeito à elevação do Consulado dos EUA em Salvador à condição de Consulado-Geral para a região Nordeste.

Condoleezza e os ministros assistiram à apresentação de um grupo de jovens. Ela disse ter ficado impressionada com as manifestações artísticas e a diversidade cultural do Brasil. Elogiou ainda a postura dos jovens baianos de seriedade, responsabilidade e compromisso social. “É uma juventude amadurecida, produtiva e com interesse pela cultura”.


« Voltar
Anterior Próxima

 

 

   
GELT